Monday Readings

Monday Readings UX AI

Mais uma edição do Monday Readings: um copo de café + 30 minutos da manhã de segunda-feira + 5 links relacionados a design, tecnologia ou comportamento. Para começarem a semana inspirados :)

Monday, 29.07.13

#1

Parece óbvio, só que não.
Em um recente estudo da Localytics, descobriu-se que um em cada quatro aplicativos mobile nunca são usados depois do download e 26% deles não são usados mais do que uma vez. Ou seja, metade de todos os aplicativos são usados menos de uma vez. Uma das hipóteses levantadas por esse artigo é de que as marcas que desenvolveram esses apps estavam mais preocupadas em divulgarem suas marcas do que serem realmente úteis na vida das pessoas, resolver problemas e assim, agregar valor.

#2

O que acontece quando todo mundo começa a fazer seus próprios mapas?
Ferramentas online como a OpenStreetMap tem permitido qualquer um se tornar um cartógrafo. Mas o que significa na prática ter a possibilidade de criar seus próprios mapas, editando dados e apontando os locais de acordo com suas preferências? Cada vez mais os mapas têm deixado de ser apenas literais, mas também conceituais. Para Eric Steiner, ex-presidente da Sociedade Norte-Americana de Cartografia, o papel da disciplina tem se afastado da noção de representar o mundo com precisão para a de criação de uma representação simbólica do espaço.

Apesar das críticas de que o foco na personalização no mapeamento do mundo poderia levar a uma visão limitada das coisas: ao invés de se orientar no mundo, mapas online te levariam a orientar o mundo para si mesmo. Mas talvez, enquanto mapeamos os lugares que já conhecemos, nós também acabamos a aprender a mapear o que não temos.

Continuar lendo